O Pastor-Sol


Rei Sol

Eu sou o Estado!

Faz parte da mentalidade beligerante dos “evangélicos” atuais, procurar um “mal” qualquer para combater. Afinal, do que vale um “soldado” sem uma batalha para lutar? O pior é que estes conflitos sempre ocorrem em terras estrangeiras, nunca olhamos para os nosso próprios quintais.

A idolatria romanista sempre foi um alvo fácil (até por ser muito evidente)  para estes “guerreiros da fé”, e talvez por isto, o endeusamento de muitos líderes atuais consista em uma das contradições mais escandalosas desta religiosidade esquizofrênica dos dias de hoje.

Muitos dos pastores, bispos, apóstolos, paipostolos e patriarcas atuais, na tentativa de legitimar seus atos despóticos fazem uso de uma estratégia ancestral: Se auto-proclamar divino. Outorgar a si mesmo uma “investidura sagrada” não é novidade. Vide o caso dos faraós do antigo Egito, ou de monarcas absolutistas como Luís XIV, conhecido como Rei-Sol; este ultimo, certa vez chegou a declarar:

– “Eu sou o Estado!”

Assim fazem alguns líderes que, de forma velada, dizem:

– “Eu sou o ministério” ou “Eu sou a igreja”

Aos que duvidam, peço que observem o material “publicitário” destes comerciantes da fé… Tudo é centralizado na imagem do líder! Tudo deve gravitar ao seu redor! Ele é o ministério! O ungido, sagrado, blindado e inconteste!

“É necessário que ele cresça e que eu diminua.” (João 3:30)

misericórdia Senhor!

nEle

Carlos

Escrevi este ensaio baseado em um comentário que fiz a um texto (muito bom) no blog do Hugo Theophilo

Anúncios
Etiquetado , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: