O Escriba


Embora que no Novo Testamento sempre achem-se associados aos Fariseus e Saduceus,  Os Escribas não constituíam em si, um partido político/religioso, e sim um grupo que ocupava-se em estudar e ensinar as Escrituras.  O curioso é que, apesar de estarem em constante contato com os Textos Sagrados, não procuravam viver de acordo com os seus preceitos.

“E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina; Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas.” (Mateus 7:28,29)

Assim como os demais religiosos do Templo, os Escribas exigiam um padrão de conduta rigorosíssimo, que nem mesmo eles seguiam!

“Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem; Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;” (Mateus 23:3,4)

Não sei se meus leitores atentaram para isto, mas ultimamente tenho procurado exercitar o “tirar a trave do meu olho primeiro”, creio que os últimos posts refletiram bem isto.  Por conta desta postura, dou-me um puxão de orelha público!

– “Amorim, não adianta nada  ficar ai, postado em frente ao computador escrevendo feito um maniaco, se por acaso, sua vida não for um reflexo do que você tem dito! ”

É tentador, subir em uma torre de marfim, e lá do alto, ficar cobrando um proceder impecável de meus semelhantes, sem atentar para o meu próprio pé que vacila e ameaça levar-me ao chão. Não desejo  elevar-me ao topo de torre alguma, quero manter-me sobre a face da terra, donde eu possa olhar os homens nos olhos, inclusive aqueles que eu critico, e submeter-me a admoestação, quando esta for necessária! Salomão deixou escrito:

“Melhor é a criança pobre e sábia do que o rei velho e insensato, que não se deixa mais admoestar.” (Eclesiastes 4:13)

Por este motivo o Senhor nos exorta a sermos humildes como meninos (Mateus 18:4), para que nossos corações não se encham de soberba, para que não rejeitemos assim, as bem vindas correções.

Senhor, não permita que eu me torne um mero escriba…

Amém

Anúncios
Etiquetado , , , , ,

2 pensamentos sobre “O Escriba

  1. Excelente post!
    Parabéns!

  2. @MatsoThiago disse:

    É assim mesmo, Amorim. Parar mais de criticar os outros e tentar nos policiar no que estamos fazendo. O que adianta falar e falar, mas não entramos em ação? É assim mesmo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: