Minha confissão negativa


Temos presenciado o alvorecer de uma nova casta de “crentes” que tem como principal característica algo ímpar na história da Igreja: Eles merecem!

Negativo

Negativo!

Sim! Eles são merecedores das bençãos de “deus”, são dignos de recolherem em seus celeiros todas as dádivas que transbordam pelas janelas do céu, estão sempre aguardando o “melhor de deus”…
Adquiriram tais direitos através de longas orações, da entrega de dízimos e ofertas, de sacrifícios, semeaduras, atos proféticos, campanhas, da unção de óleos, por meio de vestimentas, cabelos, barbas, unhas, etc…

Sendo assim, coitado de mim!
Que em meio a tantos testemunhos de “ex-isto”, “ex-aquilo”, dos “ungidos” blindados, irrepreensíveis, perfeitamente puros e super-santos, diante de todos vocês, farei aquilo que Nélson Rodrigues afirmava que a nenhum homem era possível fazer! Admitir: “Senhoras e senhores, eu sou um canalha!”

É isto… Para o espanto e confusão daqueles que professam a confissão positiva, venho fazer a minha confissão negativa!

Na condição de humano, falho e desesperadamente dependente da graça de Deus, posso afirmar que:

  • Não fui construído com aço ou concreto, sou de carne e osso, passível a adoecer e morrer.
  • Não é obrigação de Deus me conceder bençãos materiais, independente da minha dedicação e de minhas ofertas e/ou contribuições.
  • Não posso tratar Deus como um “velho velhaco”, lembrando-O a toda hora de Suas promessas como quem cobra uma dívida (“Olha Deus, tuas promessas nunca falharão”,“Tu não é homem para que minta…”, etc…).
  • Não tenho direito de exigir nada de Deus.
  • Não mereço que Deus ponha Seus olhos sobre mim.
  • Não sou digno de ser amado por Deus.

Minha natureza é má! Mas o Senhor é bom! O sangue de Jesus me lavou e a presença de Seu Santo Espirito me dignificou!

Não há nada, absolutamente nada, neste século ou nos que hão de vir, que possa nos distanciar do amor incondicional de Deus, que está em Jesus Cristo! (Rm 8:35)

“..glória, pois, a Ele eternamente. Amém.” (Rm 11:36b)

PS: O melhor de Deus não estar por vir… Ele já veio! E atende por nome próprio: Jesus Cristo!

nEle

Anúncios
Etiquetado ,

3 pensamentos sobre “Minha confissão negativa

  1. GG disse:

    Excelente texto!!!!

    O ruim é que ia escrever sobre isso no Território 7… me roubou a vez! kkkkkkk

    Parabéns, cara! Argumentos irreperensíveis e texto primosoro. To contigo e não abro.

    Paz

    @gustavogui

  2. cristina disse:

    Parabéns concordo com você em todos os sentido!
    Obrigada pela dica…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: