Um samaritano próximo de você


Os judeus ortodoxos viam nos samaritanos um povo mestiço, corrupto e introdutor de elementos pagãos ao judaísmo. Era tamanho o desprezo dos israelitas para com os seus vizinhos, que uma certa mulher samaritana, ao encontrar-se com Jesus, ficou perplexa quando Ele, sendo judeu, lhe dirigiu a palavra (João 4:9).

Em outra ocasião, levantou-se dentre os discípulos de Jesus um doutor da lei, e inquiriu-lhe a respeito da herança da vida eterna. Entre idas e vindas, o dialogo descambou na seguinte questão:

– E quem é o meu próximo?

Diante desta indagação, Jesus contou-lhe a “Parábola do Bom Samaritano” (Lucas 10:30-37).

Ao final, foi Jesus quem perguntou-lhe:

– Qual, pois, destes três te parece que foi o próximo daquele que caiu nas mãos dos salteadores?

Respondeu, pois, o mestre da lei:

– O que usou de misericórdia para com ele.

E concluiu Jesus:

– Vai, e faze da mesma maneira.

Imagino o desconforto do sujeito, sendo ele mesmo uma autoridade dentre os israelitas, vendo que na ilustração de Jesus, outras figuras “respeitadas” como o levita e o sacerdote, simplesmente ignoraram aquele que jazia a beira do caminho. Por outro lado, naquele, que segundo o pensamento vigente, não se encontraria nada de bom, achou-se piedade para com um desconhecido.

No domingo passado (13/12/2009) vi a concretização desta parábola de Cristo. Uma moradora de rua, Railane Andressa Silva de Jesus, ninguém especial, só mais uma, dentre os milhares de invisíveis que vagam pelas ruas de nossas metrópoles, transformou-se em protagonista de um resgate insólito. Railane, não temendo por sua própria vida,  atacou um homem que preparava-se para estuprar uma criança de quatro anos em um matagal próximo a via Anchieta, em São Bernardo (SP).

Imagino até, que muitos estranharam a forma com que o homem conduzia a criança, mas pensaram consigo mesmos:

– “Não é da minha conta…”

Alguns chegaram a imaginar quais eram as suas intenções, mas não quiseram se arriscar… Pessoas de bem, quem sabe até alguns cristãos confessos…

Negligentes, isto sim!! Não só por fazer vista grossa para esta quase tragédia (do possível estupro de uma criança) mas para o drama diário das milhares de Railanes de nosso pais…

Você não é o próximo simplesmente por ser, mas por se fazer! É um ato volitivo!

Façamos ecoar portanto, as palavras de Jesus:

– Vai, e faze da mesma maneira.

dEle, por Ele e para Ele

PS: Para saber mais sobre este caso, clique aqui

Anúncios
Etiquetado , ,

2 pensamentos sobre “Um samaritano próximo de você

  1. AIRES ROBISON disse:

    SERÁ QUE TODOS OS POLICIAIS MILITARES, PRINCIPALMENTE OS BOMBEIROS ESTÃO DENTRO DESTA PARABOLA?

    • porele disse:

      Aires Robison,

      Alguns talvez, nem todos, porque muitos deles passam pelas Railanes da vida e fazem vista grossa, além do que, aproximar-se por puro cumprimento do dever, por obrigação, não é se tornar “o próximo”.

      Generalizações são sempre perigosas. Repito, existem profissionais (bombeiros, policiais, enfermeiros, etc…) que, mesmo quando não encontram-se exercendo suas profissões, são capazes de tomar esta atitude recomendada pelo próprio Jesus, portanto, não tardemos em nos aproximar dos caídos que encontramos a beira do caminho!

      Fica com Deus.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: